terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Criando bons hábitos alimentares do seu bebê

A primeira coisa a fazer, por incrível que pareça, é não esquentar demais a cabeça! Os alimentos podem ser uma fonte de prazer e um grande marco de desenvolvimento do bebê, mas podem também gerar frustração e conflito. 

Às vezes seu filho vai adorar aquela sopa de mandioquinha que você preparou no maior capricho e às vezes vai cuspir tudo para fora. É assim mesmo. O importante é ir introduzindo, aos poucos, novos gostos e texturas nas refeições, ter paciência e ir insistindo em colocar novidades na dieta dele, mesmo que aquelas cenourinhas não sejam tão bem-vindas nas primeiras vezes. 

Veja a seguir algumas dicas: 

• Varie a forma como oferece um alimento. Talvez o bebê não goste de bananas sozinhas, mas poderá devorá-las quando acompanhadas por um cereal. Só se certifique de não introduzir mais de um alimento por vez, assim terá como ver se aparece alguma reação alérgica. Crianças maiores podem preferir morder pedaços de maçã em vez de comer maçã ralada na colher. 

• Seu filho estará mais aberto às novidades se estiver com fome (sem ser faminto!), então comece pela sopa de brócolis com carne e só depois dê a fruta ou gelatina, por exemplo. 

• Não pare de dar a comida só porque ele fez uma cara meio esquisita. Muitas vezes a criança está simplesmente reagindo a um gosto diferente. 

• Bebês se distraem com muita facilidade, então evite televisão, música ou brinquedos por perto nos horários das refeições. 

• Se seu filho quiser segurar a colher, dê uma para ele, o que o fará se sentir como participante ativo da tarefa. 

• Dê atenção total à criança durante as refeições, seja no seu colo, no carrinho ou em um cadeirão. Tente manter suas expressões faciais positivas, mesmo que esteja dando uma comida que detesta. 

• Coma a comida do seu filho também. Crianças adoram imitar os pais. 

• Bebês podem até gostar de um alimento, mas ainda assim só comer umas poucas colheradas. Isso é perfeitamente normal. 

• Se ele rejeitar uma comida (fechando a boca, virando o rosto ou jogando a colher no chão), não force. Tente de novo em alguns dias. Forçar uma criança a comer ou mostrar sua frustração podem transformar as refeições em um verdadeiro cabo-de-guerra. 

• Alterne os alimentos. O bebê pode se cansar de comer a mesma sopa ou fruta em todas as refeições e passar a rejeitá-las. Lembre-se de que uma criança em idade de crescimento precisa de uma dieta variada, que inclua proteínas, carboidratos, frutas e verduras. 

• Não exagere nas porções, porque isso pode levar a criança a se recusar a comer. 

• Evite açúcar, sal, comidas gordurosas ou apimentadas. 

• Não use a comida como prêmio ou punição. 

Observação: Espere seu filho completar um ano antes de dar certos alimentos, como mel, leite de vaca e claras de ovo. 



Por Dan Levy- pediatra
Fonte: http://brasil.babycenter.com/baby/introduzir-solidos/bons-habitos-alimentares/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MundoBrasileiro