terça-feira, 23 de outubro de 2012

O apoio da família durante a amamentação

Gostei bastante da matéria da Crescer, é curta e grossa. A mãe precisa de APOIO, não de palpiteiros que dão conselhos errados. Pior de tudo é que muitas vezes as mães, sogras, avós e em alguns casos o marido mesmo, boicotam a amamentação. Indiretamente, ou inconscientemente alegando que aquela mulher é incapaz de cuidar e alimentar sua criança.
Eu amamentei meus 2 filhos, mas para que tivéssemos sucesso na amamentação, tive apoio da minha mãe e do meu marido. 
Sofia e eu, primeiro dia de muito tetão!
Leia a matéria:

É imprescindível que você se sinta acolhida e apoiada por seus parentes e amigos

Nesta fase, é preciso ter pessoas solícitas que não façam cobranças ou comparações e entendam que nesse momento você deve ficar disponível aos horários e exigências do bebê. Quanto mais responsabilidades você delegar à empregada e aos parentes, mais tempo terá para se dedicar ao seu filho. Se tiver de pensar no cardápio da semana, fazer compras, cuidar do sofá manchado ou se as roupas do bebê secaram, não terá tempo nem paciência para lidar com o processo de amamentação. Peça ajuda e deixe os outros fazerem algumas coisas por você e poupe-se um pouco para o que só compete a uma mãe, que é amamentar. 
Você terá de ficar disponível para os chamados do seu filho, mas procure também se distrair. Quando ele dormir, vá para a cama junto ou use esse tempo para correr até a manicure ou ler um pouco. Assim que o pediatra liberar o bebê para sair de casa, aproveite para passear e leve-o junto, nem que seja até a casa dos avós ou da sua melhor amiga. Isso vai ajudá-la a desestressar. 

E aproveite o seu companheiro, ele pode ajudar mais do que você imagina. Um estudo americano chegou à conclusão de que o apoio do companheiro pode ser até mais útil para a mulher do que a ajuda profissional. Pediatras americanos constataram também que mulheres cujos maridos tiveram uma aula de 40 minutos sobre como lidar com os problemas mais comuns da amamentação tiveram 67% mais chances de amamentar seus bebês por mais tempo.

Não escute tanto os palpites 
Prepare-se para ouvir dicas de todo mundo. As frases mais comuns são: "Seu leite é fraco", "Ele está com fome", "Acho melhor você começar com os complementos", "Passe logo para a mamadeira, é muito mais fácil". Diante desse bombardeio, a dica é não dar ouvidos. Acredite: segundo os especialistas, palpites errados são uns dos principais fatores responsáveis pelo desmame precoce.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

MundoBrasileiro